A Jornada de Agroecologia da Bahia

Um espaço de encontro e troca de saberes, entre teoria e prática

Mística de abertura

Mística de abertura

A Jornada tem como objetivo contribuir com o empoderamento e auxiliar o desenvolvemento sustentavel e socioeconomico dos povos e comunidades tradicionais residentes no território baiano em particular, mas, também brasileiro e latinoamericano.

3jor_04_3n_nara_03

Cacique Babau na III Jornada

Durante o encontro, acontecem plenárias, místicas, rodas de conversas, espaços auto-organizados pelas mulheres, cirandas educativas para as crianças, cortejos, oficinas práticas e apresentações culturais.

Oficina: Jogos indígenas

Oficina: Jogos indígenas

Espaço de auto organização de mulheres:  Umbigo

Espaço de auto organização de mulheres: Umbigo

Noite cultural: Grupo Interlocução Pau Brasil

Noite cultural: Grupo Interlocução Pau Brasil

Em cada Jornada, participam em média 2.000 pessoas, entre indígenas, mestres de tradicção oral, quilobolas, movimentos sociais, assentados e acampados, estudantes, pesquisadores, professionais em Agroecologia e a sociedade em geral.

 

Histórico das Jornadas

Panfleto

2015: Terra, Território e Poder

 

3aJor_cartaz

2014: Sementes, ciência, tecnologia e agroecologia para mudar a realidade das comunidades no campo e na cidade

 

 

2aJor_convite

2013: Agroecologia- Unindo Povos e Saberes

 

1aJor Convite

2012: Agroecologia – Uma Proposta de Soberania do Território Baiano